Sempre Ela – Por Daniel Pissetti Machado

Ela era tudo o que ele precisava
Um amor
Mesmo sem saber ao certo onde pertencia
Se em si, ou no outro
Um sentimento de que o medo acabou
Quebrado por dentro
A transmutação do ser
Fareja novas mudanças
Tanto na carne quanto na alma
Energizando-se mutuamente
A nave da vida, habitada, é mais leve
Tantos foram os caminhos, até esse destino
Neste passado, o que não foi lembrança foi aprendizado
Onde há memória, há matéria
Em verdade meu amor, tudo existe simultaneamente
As coisas mudam
DPM

Un comentario Agrega el tuyo

Deja una respuesta

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Salir /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Salir /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Salir /  Cambiar )

Conectando a %s