Poesia de banheiro -Por Jenis

Poesia de banheiro

por Jenis

A silhueta em luz branca da porta

a única conexão com o fora

O fora que é todo ao contrário

seco, luminoso, aberto

Não, senhor,

eu prefiro o dentro, muito obrigada.

Fico, com agrado,

junto às minhas cerâmicas quadradas

a luz queimada

e o chiado que me lembra chuva.

Canto pois ninguém me vê

danço apertado

com a energia de minha pele quente

e imagino…

O que se passa por detrás das frestas brancas,

onde o mundo não é só meu

onde o privado já se perdeu?

2 Comentarios Agrega el tuyo

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Salir /  Cambiar )

Google photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google. Salir /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Salir /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Salir /  Cambiar )

Conectando a %s