Caminhando por aí by Naomi Lustosa

a gente anda esquecendo que pode tropeçar a qualquer instante
sem saber que podemos estar atravessando uma rua
ou um carro sair da garagem
ou que os cadarços estão desamarrados.


A gente anda esquecendo que pode alguém querer conversar,
nos parar para tirar uma dúvida,
pedir uma sugestão
ou só querer pegar carona no seu guarda-chuva.


A gente anda esquecendo que pode se perder no nosso bairro,
que uma casa pode sumir de um dia para o outro,
que uma parede pode ser pintada
ou que a gente só olhou demais para o celular e não virou a esquerda.


A gente anda esquecendo que pode ouvir o que os passarinhos cantam,
o que aquelas duas pessoas atrás riem sobre algo do trabalho,
o que uma criança fala pra vó sobre o cabelo colorido de uma garota,
ou o barulho que os sapatos fazem quando batem e rebatem no chão.


A gente anda esquecendo
e segue andando como se esquecer o tempo todo fosse normal.

Deja una respuesta

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Salir /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Salir /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Salir /  Cambiar )

Conectando a %s