Soneto do Outono interno

 Texto: Daniela S. Terehoff Merino (@daniterehoff)
               Ilustração: Cláudia A. Terehoff Merino (@caucauilustra)




Depois dos meses quentes do verão 

que nos afaga com seu sol tão terno 

E antes do gélido e temido inverno, 

Vive o Outono, d’ouro a estação. 

 

Sua beleza está na transição 

Demonstração do inexistente eterno 

Mãe natureza a nos dizer “Alterno” 

O que era vivo agora está no chão. 

 

Também dentro de nós todos os dias 

não cessam de mudar as estações 

Morrem as folhas, nascem colibris. 

 

Levadas pelo vento, as alegrias 

vivem sua neve antes dos tais botões 

de sonhos-girassóis primaveris. 
Anuncio publicitario

Deja una respuesta

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Salir /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Salir /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Salir /  Cambiar )

Conectando a %s