Astrud Gilberto – I Haven’t Got Anything Better To Do (1969) by Ricardo Cunha

(Blog Ricardo Cunha) Astrud Gilberto fez sua aparição na música muito cedo. Durante anos percorreu uma estrada que resultou em quase uma dúzia de álbuns para a Verve Records e uma carreira de sucesso que durou até os anos 90. Embora sua aparição no estúdio para gravar “The Girl From Ipanema” fosse devida apenas ao…

Minhas leituras favoritas de 2022 by Farley

(blog Farley) Em um primeiro momento, achei que leria bem menos em 2022. Porém, com o passar do tempo, consegui manter e aumentar o ritmo, mesmo com a rotina mais agitada. Desta vez não me forcei a nada e abandonei alguns livros no meio do caminho — insisti em poucas obras chatas e não me…

E se portas e janelas falassem?

By Chronosfer (link Blog) Há a história do cotidiano, a história dos tempos vividos, a históriaque agora é vivida. Nossos olhos, pensamentos e mãos podem transformaresses tempos. E se ao contrário de a ação humana, apenas o ato de asportas, as janelas pudessem falar, contariam elas as verdadeirashistórias vividas e as que estão sendo vividas…

A Desmistificação da Verdade by Marcos Santos

(Blog despenhadeiro/ Marcos santos) Hoje, na minha desprezível falta de organização pessoal, perdi o ônibus em direção à universidade. Após me sentar frustrado no ponto, retirei da bolsa uma quimera de palavras e rabiscos. Maltratada de tanto manuseio, das tantas tentativas de decifração daquilo que ainda lhe faltava. Minha monografia se debruça sobre a importância…

Sob o brilho de um cometa: homenagem aos 80 anos de Marília Pêra

Nina Morena, filha da artista, nos conta do impacto da mãe na arte brasileira e das influências em sua própria carreira Por Icaro Santos Mello by Itaú Cultural Marília Pêra (1943-2015) é parte do panteão de artistas cuja história de vida se mescla com a própria história da arte brasileira. Com uma versatilidade e vitalidade incomparáveis,…

Circo by Dani Raphael

Por Dani Raphael Nunca houve tempo para mim nesta sociedade globalizada, onde citam meus rompantes de loucuras e meus rompantes de lágrimas, como atos engraçados, encenados dentro da casa dos palhaços. Nunca houve tempo nem dispêndio para me enxergarem além do vulto que sempre perceberam presente, e nunca houve silêncio suficiente para que a voz…

Vultoso – by Miriam Costa

O horizonte jamais irá tentar simplificar sua poesia – nos trás a sensação de bem-estar palpável. Enquanto a maioria declara definição para linguagem, eu escancaro a sequência que me atinge como um raio, para mim é difícil separar o fim do começo ou dar um sentido geral para manter a jornada.A pintura também me traz…

Entrevista: O rap é compromisso – e Sabotage entendia muito bem isso

Ivan 13P, diretor do documentário “Sabotage: Maestro do Canão”, comenta por que falamos sobre o rapper mesmo 20 anos depois de sua morte Publicado em Itaú Cultural Por William Nunes Santana Nascido em 3 de abril de 1973 na periferia da Zona Sul de São Paulo, com pai alcoólatra e ausente mesmo antes do parto,…

O sofá by Pedro Rabello

(Blog Pedro Rabello) O temporal me impedia de ver os prédios no horizonte. Pingos grossos faziam desenhos na janela: uma escada, um coelho, uma bruxa… Não sei quanto tempo passei analisando formas tão abstratas quanto meu futuro depois do divórcio. Só me restava o apartamento, ainda mais vazio sem ele, alguns móveis e fotos nos…

Crônica do mundo paralelo XI | fake news by Hang Ferrero

e se contas a fulano o que visse e à sua maneira, este, conta a beltrano e este, a sicrano, que tem todo um jeito particular de ver as coisas e me conta outra história. e se pudermos assoprar levianamente tais disposições? quem se importa com quem? pseudos evidências produzidas por teus temores, prefiro pensar…