Uma noite

Tenho tuas imagens nos meus olhos A saliência dos teus lábios na pele Teu perfume evoluindo em minha voz Tenho teus anéis acariciando minhas mãos Teu coração sulcando fúrias nos meus lábios As roupas arrancadas do teu desespero… Tenho a dor do teu poema A loucura, o calor das tuas entranhas As palavras que dissestes…

Canção de fim de tarde

Levanta calmamente o violino Observa o dia entardecer Completa as ilusões com o abandono do sol Lava no oceano tuas pálpebras de angústia Assume a esperança da brisa O redemoinho da vida O contorno de curvas da moça A parafernália dos átomos A subjetividade das deusas A sinfonia da flor.

Do morro

Vou dizer-lhes porque vou ao morro Há samba nas vozes que tocam pandeiros no morro Pipas subindo no céu abarrotado do morro Degraus para galáxias têm o morro Meninas sorrindo nas janelas das casas do morro Maçarocas de fios enrodilhando o alto têm o morro Pessoas olhando o mundo no cume do morro Conversas de…

Louvor ao Sol

Esperamos na montanha vendo o mar Enfogueiramos a noite abismada de astros Cantamos caminhos, vozes universais Nascemos azulados de nuvens Habitamos embrasadas cachoeiras de magma Nossas mãos, puras espadas, se alongam nas estradas da luz Atravessam o tempo Enfeixam-se ao limite do céu e do mar Um chamamento leva-nos Acariciamos a brisa da tua cor…

50!

Em tão pouco tempo, obtivemos nossos primeiros seguidores Obrigado! Odilon Machado de Laurenço & j re crivello -Editores

As Brumas do Porto

Há uma chuva instantânea de mistérios Onde olhares não desprendem das saudades Num vazio embebedado, inútil descaminho Vem a sombra de perfumes divagar anoiteceres O anteceder do abraço alegre-triste empalideça os horizontes de quimeras que se encontram ao fundo das distâncias e dos mares O Tâmisa trague os domínios de além-mar O flash cauterize seu…

Guaxuma

Nesse vai e vem de ondas Um barco assume o ritmo azul Ancorado entre a praia e os recifes… Os cocais antecedem a cidade Dançam os juncos volúpias ventadas À Leste, nuvens, águas, céus, mundos de estrelas… À Oeste vagas ideias das cousas do Leste Farfalhar de folhas num poema ao sol.

Masticadoresdeletras já tem seu News

Masticadoresdeletras já tem seu News semanal, elaborado pelo economista Francisco J. Martín Semana 1: Link Nele, você recebe alguns dos artigos publicados por nossos escritores em nossos 9 Masticators. Você pode se inscrever neste serviço e receberá seu e-mail toda sexta-feira para uma leitura de fim de semana. Não coletamos nem trocamos dados, somos mais…